• seg. jan 18th, 2021

Última atualização do iOS mostra como Facebook rastreia seus passos

ByMax Blanc

dez 18, 2020
Facebook, de Mark Zuckerberg, monitora usuários

Facebook, de Mark Zuckerberg, monitora usuários
Michael Reynolds/EFE – 23.10.2019

Você já sabe que o Facebook rastreia tudo que você faz, mas ver com os próprios olhos o que a rede social faz é novidade. A última atualização do iOS comprova todas as maneiras como o Facebook persegue seus passos.

O site Mashable, especializado em tecnologia e mídias sociais, esmiuçou essas ações que o Facebook faz com suas informações pessoais.

Na última segunda-feira (14), a Apple lançou oficialmente o iOS 14.3 e, com ele, veio com uma atualização da App Store que promete mudar para sempre a maneira como você vê seus downloads.

Agora, quando você baixa um aplicativo, a Apple oferece uma lista detalhada de “como os desenvolvedores podem lidar com seus dados”. E quando se trata da família de aplicativos do Facebook, você ficará assustado sobre como eles lidam com seus dados.

Rede social acessa até 'e-mails e mensagens de texto'

Rede social acessa até ‘e-mails e mensagens de texto’
John G. Mabanglo/EFE/EPA – 09.06.2020

O Facebook é dono do Instagram e do WhatsApp (bem como da Oculus e de vários outros serviços de marca). Mas o exame se concentra, primeiro, apenas no aplicativo principal do Facebook. Aqui, para o seu conhecimento, o Facebook confirmou à Apple que suas “práticas de privacidade podem incluir o manuseio de dados”. Isso mesmo, a rede social afirmou que pode mexer com suas informações.

Um aviso honesto: são muitos dados aos quais a plataforma tem acesso. Vai desde o seu número de telefone e contatos até a sua “localização precisa”, “informações confidenciais”, “dados de áudio” e “e-mails ou mensagens de texto”. É de levantar a sobrancelha mesmo: o Facebook põe as mãos em muitas informações.

O Facebook, aparentemente, não gostou muito da postura da Apple, que tornou público tudo o que a rede social acessa da sua vida. De acordo com a Bloomberg, o Facebook publicou um anúncio de página inteira nos jornais Wall Street Journal, New York Times e Washington Post para castigar a Apple, que teve a ousadia de destacar o que a plataforma faz com os dados do usuário.

É claro que o Facebook não moldou exatamente dessa forma a publicidade. Em vez disso, a empresa expressou sua oposição como uma postura ousada em favor de “pequenas empresas em todos os lugares”.

O Facebook tem uma longa história de não ser totalmente aberto, então é melhor você julgar a veracidade do anúncio por si mesmo (em inglês).

Se você quiser ver o que aplicativos específicos fazem com seus dados, depois de atualizar para iOS 13.4, vá até a App Store e pesquise o aplicativo em questão. Em seguida, role para baixo até a seção que diz “Privacidade do aplicativo” e clique em “Ver detalhes”.

Você pode não gostar do que verá, mas, daqui para frente, você não pode mais dizer que o Facebook não avisou você. Talvez, desta vez, você deva finalmente ouvir.

Fale Conosco
Mande um WhatsApp