• seg. jan 25th, 2021

Procurador do Texas abre processo contra o Google nos EUA

ByMax Blanc

dez 16, 2020
Empresa de tecnologia é alvo de novo processo na Justiça norte-americana

Empresa de tecnologia é alvo de novo processo na Justiça norte-americana

Carlo Allegri / Reuters – 20.10.2020

O procurador-geral do Estado do Texas (EUA), Ken Paxton, com apoio de outras promotorias estaduais, abriu nesta quarta-feira (16) um processo contra o Google, acusando a empresa de violar a legislação antitruste na maneira como conduz suas políticas de propaganda online.

Leia também: Google: processo por monopólio ‘não ajudará consumidores’

A ação é a quarta de uma série de medidas legais tomadas contra as gigantes da tecnologia, como o Facebook. Na semana passada, a empresa de Mark Zuckerberg se tornou alvo de uma ação de monopólio que pode levar o grupo a ter de se desfazer do Whatsapp e do Instagram, por exemplo.

Paxton já havia colocado o Texas como parte interessada em um processo aberto pelo Departamento de Justiça do país contra a empresa em outubro. Naquela ação, 11 Estados além do governo federal acusam a empresa de usar seu poderio econômico para esmagar possíveis concorrentes.

Nessa nova ação, o procurador alega que o Google domina ilegalmente o caminho que um anúncio percorre entre a agência de publicidade e o site na internet ou o aplicativo de celular onde ele é exibido para o consumidor.

“O Google repetidamente usou seu poder de monopólio para controlar os preços e também praticar conluios com o mercado para direcionar licitações, em uma tremenda violação da Justiça”, disse Paxton em um vídeo sobre o processo.

Fale Conosco
Mande um WhatsApp