• seg. mar 8th, 2021

Procura-se colossal buraco negro supermassivo

ByMax Blanc

dez 23, 2020

Quase todas as grandes galáxias do Universo têm um buraco negro rugindo em seu centro (a Via Láctea tem o Sagitário A*). Quando duas elípticas gigantes se fundem, espera-se que seus buracos negros façam o mesmo, e uma gigantesca singularidade supermassiva ocupe o centro da nova galáxia – mas os astrônomos não sabem onde está a que deveria ocupar o centro da maior galáxia do aglomerado Abell 2261, há 2,7 bilhões de anos-luz da Terra.

Buracos negros acompanham o tamanho e a massa da galáxia hospedeira. O do centro da Abell 2261 deveria pesar cem bilhões de vezes a massa do Sol (a massa do Sgr A* é de quatro bilhões de vezes a da nossa estrela); usando dados do Observatório de Raios X Chandra da NASA e do Telescópio Espacial Hubble coletados entre 1999 e 2004, os astrônomos haviam previsto sua existência.

Leia mais…

Fale Conosco
Mande um WhatsApp