• qua. jan 27th, 2021

Brasil tem 1º caso de reinfecção com nova mutação do coronavírus

ByMax Blanc

jan 8, 2021
Mutação do novo coronavírus foi encontrada na África do Sul

Mutação do novo coronavírus foi encontrada na África do Sul
Peter Ilicciev/Enquadrar/Folhapress – 16.12.2020

Pesquisadores do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino identificaram, na Bahia, o primeiro caso no mundo de uma reinfecção por novo coronavírus apresentando a mutação E484K, recentemente descoberta na África do Sul.

A paciente acompanhada pelo estudo é uma mulher de 45 anos, sem quaisquer condições de comorbidade, que vive na capital soteropolitana e foi infectada duas vezes – a primeira em 20 de maio e a segunda, em 26 de outubro. Esta última ocorrência, disseram os pesquisadores, foi mais severa nos sintomas que a primeira. Os diagnósticos de ambos casos foram confirmados por testes RT-PCR.

“Foi observada, na sequência genética do vírus presente no segundo episódio, a mutação E484K, que é uma mutação identificada originalmente na África do Sul e tem causado muita preocupação no meio médico, pois ela pode dificultar a ação de anticorpos contra o vírus. Esta mutação foi recentemente identificada no Rio de Janeiro, mas é a primeira vez, em todo o mundo, em que é associada a uma reinfecção por SARS-CoV-2”, explicou Bruno Solano, médico e pesquisador do IDOR à frente do estudo.

Veja também: Vacina do Butantan: entenda a CoronaVac de ponto a ponto

A mutação E484K, alertam os pesquisadores,  é parte de um grupo de variantes do SARS-CoV-2 associados ao aumento da infecciosidade, por aumentar a ligação entre a proteína spike do vírus e o receptor do hospedeiro, e afetar a neutralização de anticorpos.

Procurada, a secretaria de saúde da Bahia não se posicionou. A pasta informou apenas que divulgará, às 12h, uma gravação com o médico infectologista da vigilância epidemiológica do Estado, Antônio Bandeira. 

A descoberta foi publicada e aguarda revisão por pares na revista científica The Lancet.

Fale Conosco
Mande um WhatsApp