• seg. jan 18th, 2021

Astrônomo de São Paulo consegue fotos exclusivas do eclipse solar

ByMax Blanc

dez 14, 2020

O professor Rodolfo Langhi, do Observatório de Astronomia da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Bauru, no interior de São Paulo, conseguiu registrar o eclipse solar total desta segunda-feira (14), que pôde ser visto apenas parcialmente em algumas regiões do Brasil

*Estagiária do R7 sob supervisão de Thiago Calil

Segundo Langhi, as fotos foram tiradas de um celular, apenas com a ajuda de um telescópio equipado com um filtro especial da Nasa acoplado ao equipamento

Para proteger a retina dos raios solares nocivos, o astrônomo utilizou um óculos feito de papel e um filtro especial para a observação solar, chamado baader

“Estes óculos, no entanto, não são vendidos no Brasil. A maneira mais fácil, prática, e ao mesmo tempo segura de se observar um eclipse solar é através de um vidro de máscara de solda de no mínimo número 14”, afirma. É possível adquirir o produto em qualquer loja equipamentos de proteção individual, os chamados EPIs

De acordo com Langhi, este foi o único eclipse solar total do ano. O último ocorreu em 2 de julho de 2019 e foi visto em sua totalidade também na Argentina e no Chile

O próximo eclipse solar total acontecerá em dezembro de 2021 e será visto em sua totalidade em uma estreita faixa terrestre na Antártica

“Os brasileiros, no entanto, só poderão observar um fenômeno deste tipo novamente em 2045, quando um eclipse solar total ficará 100% visível da região Nordeste do país”, diz

Fale Conosco
Mande um WhatsApp